Início » Blog » Ter múltiplas habilidades e pouca estabilidade é o novo normal

Ter múltiplas habilidades e pouca estabilidade é o novo normal

Você já ouviu falar em múltiplas habilidades? Para mim, o termo só fez sentido recentemente. Mais precisamente quando larguei o Direito para desbravar um caminho novo.

Muita gente fica surpresa, não é normal conhecermos pessoas largando anos de formação educacional. Mas o que ninguém se pergunta é “por que deveríamos ser fiéis a decisões tomadas aos 17 anos?”

A verdade é que todas as pessoas têm interesses diversos e uma vida inteira para desenvolver essas habilidades.

“… o que sabemos ou não sabemos está em constante mudança”.

Yuval Harari

As narrativas tradicionais estão nos enganando

Acho que você deve conhecer este clássico da Disney: O Rei Leão, não?

Nessa história, um jovem leão perdeu o pai e, agora, deve reinar. Porém, essa não é a vontade do herdeiro do trono, que decide viver outra vida. Só que, como ele tem um papel a desempenhar na grande roda do destino, vai sofrer muito até voltar para cumprir seu papel como rei da savana.

Peço desculpas se O Rei Leão é seu desenho preferido da vida. Pode continuar amando e assistindo, mas vamos pensar um pouco a respeito.

Olha, já escrevi um textão enorme falando sobre a importância das nossas referências (clique aqui se ainda não leu). Agora, pergunto a você: que tipo de ensinamentos essa história cria na cabeça de uma criança que assistiu a esse desenho dez vezes (no mínimo)? 

Ter múltiplas habilidades é o novo normal.
Foto Anthony Shkraba – editada

O verdadeira problema não está nos contos de fadas e, sim, em querer transpor narrativas ultrapassadas para a nossa realidade.

Pense comigo: todos nós temos um papel pré-determinado a cumprir na vida e nossa felicidade depende disso (says who? don’t know!). Então, por que tantas pessoas cumprindo o “Ciclo da Vida” falharam miseravelmente em ser feliz?

Até hoje, aprendemos que não podemos mudar o caminho escolhido. Muito provavelmente, você estava destinado a ser o que é hoje. Não importa se você tem múltiplas habilidades a desenvolver… escolha uma e se vire para encontrar um sentido nela.

Ah, e o mais importante: descubra (tarde demais) que todo mundo precisa exercer sua profissão, entender de administração, de economia, de marketing, ser educador dos filhos, ter sanidade mental e otras cositas mas se quiser ser bem sucedido na vida — mas quem é que quer?

Minha mãe permaneceu 34 anos no mesmo emprego

Ela se formou em administração no começo dos anos 90. Naquele tempo, ser graduada era muita coisa. Depois disso, foi contratada para gerenciar uma empresa e assim o fez por incríveis 34 anos (ainda existia estabilidade). Mas qual é a chance de um jovem sair da faculdade com 22 anos e permanecer no mesmo emprego pela metade desse tempo atualmente? 

Não quero desanimar quem ainda não entendeu que o mundo mudou, mas a chance é próxima de zero. Sim, o mundo mudou!

Tenho 32 anos, uma faculdade, uma pós-graduação e uma lista imensa de cursos. Já trabalhei em quatro empresas e mudei de carreira. Olha que ainda não vivi nem metade da minha vida!

Tá, você deve estar se perguntando “mas o que aconteceu?” Em primeiro lugar, é importante lembrar que vivemos a Era da Informação

“É tanta informação que parece desinformação”.

Caio Blinder

Por isso, a habilidade mais importante da atualidade não se adquire na graduação e nem em escola alguma (que segue o modelo educacional tradicional). Porque nesse cenário, precisamos saber avaliar quais informações têm relevância e quais não têm

Em segundo lugar, o mundo está cada vez mais volátil. Ou seja, os costumes, as necessidades, os conceitos e os empregos estão mudando constantemente. Apesar de a Internet ter nos proporcionado um grande conhecimento, ela trouxe isso tudo com muita velocidade.

Para enfrentar toda essa novidade, precisamos ter flexibilidade, adaptabilidade e não ter medo de mudanças, ou seja, precisamos de múltiplas habilidades.

Minha mãe precisou mudar de carreira com mais de 50 anos. Eu, aos 30. A próxima geração nem entende o conceito de “transição de carreira”, já que nada na vida deles é (ou já foi) estável.

“A ESTABILIDADE é uma ficção pra que você tenha a sensação de algum controle. A ESTABILIDADE NÃO EXISTE”.

Flávio Augusto

Múltiplas habilidades: preparado para tudo

“… as pessoas precisam de capacidade para extrair um sentido da informação, perceber a diferença entre o que é importante e o que não é, e acima de tudo combinar os muitos fragmentos de informação num amplo quadro do mundo”.

Yuval Harari

Harari quer dizer que separar o joio do trigo no campo da informação não é uma habilidade ensinada (por enquanto). Ou seja, nossas escolas ainda usam o passado como modelo. E o passado… Aliás, se você ainda não leu os livros do historiador, recomendo!

Da Vinci, símbolo de múltiplas habilidades.
Homem Vitruviano, Da Vinci.

Outro ponto importante, lembrado pela autora do livro “How to be everything” e Ted talker, Emilie Wapnick, é que os renascentistas valorizavam pessoas versadas em múltiplas disciplinas. Leonardo da Vinci é um grande exemplo disso. 

Enquanto artista do Alto Renascimento, da Vinci se destacou como: cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. E você achando que cursar Administração, gostar de Designer e manter um blog de moda é falta de foco.

“Deixe para trás suas ilusões. Elas são pesadas demais”. 

Yuval Harari

Em minha primeira entrevista para trabalhar como redatora, o entrevistador quis saber o motivo que me levou a largar tudo. Eu não “larguei” nada, apenas mudei. 

Na verdade, sei fazer muitas coisas, inclusive escrever. Mudei porque sou uma pessoa com múltiplas habilidades. Por que não?

Não tenha medo de desenvolver todo o seu potencial! O mundo moderno (ao que tudo indica) espera isso de você.

“Cause living out loud, is the only way I know how”

Brooke Candy – Living out loud

Gostou deste textão?
Desculpa o tamanho, mas é que me empolguei… nem sempre é assim, tá? (Ou é?) :]

Obrigada por ler! Para receber meus textos no seu email, ASSINE o blog:

[jetpack_subscription_form show_subscribers_total=”false” button_on_newline=”false” custom_background_button_color=”#f6d119″ custom_font_size=”16px” custom_border_radius=”0″ custom_border_weight=”1″ custom_padding=”15″ custom_spacing=”10″ submit_button_classes=”” email_field_classes=”” show_only_email_and_button=”true”]

Quer compartilhar com o coleguinha? Ok!

Lori Sato

Redatora, escritora viajante, canceriana (por isso o sentimentalismo) e good vibes. Adoro um textão (ler e escrever). ~ A vida é sobre estar, testar e (claro) textar.